Menu

Enxaqueca é uma dor de cabeça crônica, que começa com dor em um dos lados da cabeça e aumenta aos poucos. Com ela pode haver aversão à luz e ao som, bem como visão turva, náusea e vômitos. Os gatilhos podem ser alterações hormonais, alguns alimentos e bebidas (chocolate, queijos, café, vinho...), ou até deficiência de algum nutriente. 
As crises podem durar de 4 horas a 3 dias, onde o uso de medicamentos é o recomendado, porém se a causa é conhecida, a prevenção pode ser feita.
Um dos métodos de prevenção é o uso diário de magnésio dimalato (nesta apresentação tem ótima biodisponibilidade), pois alguns estudos mostraram que a deficiência deste mineral pode ser uma das causas da enxaqueca. E ao utilizá-lo diariamente, os pacientes perceberam alívio em frequência e intensidade das dores.
Se as crises de enxaqueca estão afetando sua qualidade de vida, converse com nossa equipe técnica que está preparada para atendê-lo!

Magnésio dimalato: Magnésio dimalato é um magnésio quelado (protegido) com uma molécula de ácido málico, ao passar pela parede intestinal ele vai liberar ácido málico e magnésio. O ácido málico ele tem uma função anti-inflamatória, auxiliando em toda doença que tem um caráter inflamatório, como por exemplo no diabetes, onde acaba gerando uma inflamação subclínica. O magnésio dimalato também possui uma liberação prolongada. O magnésio dimalato tem ainda a vantagem de otimizar a produção de energia (ATP) pois o ácido málico faz parte do ciclo de Krebs, tem uma aplicação muito útil na saúde cardiovascular.
Tiamina: Uma deficiência de vitamina B1 conduz a alterações físicas e mentais (perda de memória, confusão, depressão). No alcoolismo crônico, baixos niveis de vitamina B1 na dieta, associado a uma inibição da sua absorção, conduz a uma miocardiopatia alcoólica, com dilatação do ventrículo direito, que pode ainda levar a uma descompensação cardíaca. A vitamina B1 é eficaz no tratamento de diferentes síndromes dolorosas: dores reumáticas, dores em membros amputados, pacientes com cancerosos e dos artrite, crises de enxaqueca e nevralgias dentárias. Em último lugar, é de salientar que a vitamina B1, administrada por via oral, pode atuar como repelente anti-mosquitos em conseqüência da sua eliminação cutânea. Contudo, os resultados obtidos neste sentido são inconstantes.
Riboflavina: suplemento de riboflavina pode ser necessário nas seguintes condições: queimaduras, febre crônica, gastrectomia, distúrbios hepáto-biliares, hipertireoidismo, infecções prolongadas, distúrbios intestinais, câncer e estresse prolongado. Indicadas também para rachaduras no canto dos lábios, inflamação da língua, dermatite seborréica, anemia e neuropatias. A suplementação com riboflavina demonstrou ser eficaz nas crises de enxaqueca por elevar o metabolismo energético celular.
Piridoxina: também conhecida como cloridato de piridoxina, é convertido em sua forma ativa (pirodoxal 5 fosfato), que atua como coenzima no metabolismo protéico, glicídico e lipídico. O pirodoxal 5 fosfato promove a descarboxilação do ácido glutâmico formando o ácido gama amino butírico (GABA), que é considerado um neurotransmissor inibitório, ou seja, a baixa concentração dele no SNC (sistema nervoso central) leva ao quadro de excitação, irritabilidade, insônia e enxaqueca. Estudo mostrou que a suplementação com piridoxina, embora não afete a frequência dos ataques, é eficaz na redução da severidade da dor de cabeça.
Ácido fólico: as principais indicações da suplementação incluem tratamento de anemia megaloblástica ou macrolítica; doença hepática, anemia hemorrágica; gestação; fotoproteção; prevenção de problemas de pele causados pela radiação; prevenção e tratamento da queda capilar, detoxificação de toxinas, melhora do humor, cognição, redução de homocisteína. Para tratamento de enxaqueca, os pacientes receberam, durante seis meses, doses de vitamina B e ácido fólico, diminuindo a frequência e gravidade da dor de cabeça e da incapacidade associada a ela.
Metilcobalamina: Trata-se da forma ativa da vitamina B12, que é essencial para o bom desenvolvimento dos glóbulos vermelhos do sangue e sistema circulatório, para o sistema nervoso central prevenindo distúrbios neurológicos, e para o coração prevenindo doenças cardiovasculares. Ela ajuda também na regeneração dos músculos e a manter as reservas de energia. 
Conforme envelhecemos, diminui a capacidade de absorção da vitamina B12 a partir dos alimentos, por isso a suplementação é adequada para manter o bom funcionamento de todos os sistemas envolvidos.

Características:

  • Marca: Formularium Farmácia;
  • Modelo: 60 Doses;

Modo de Uso:

  • Uso interno;
  • Tome 1 dose após o café e após o jantar.

Composição:

  • Magnésio Dimalato 450 mg;
  • Tiamina 25 mg;
  • Riboflavina 10 mg;
  • Piridoxina 40 mg;
  • Ácido Fólico 800 mcg;
  • Metilcobalamina 600 mcg;
  • Excipiente qsp 1 dose;
  • 60 doses.

 

Orientações Gerais:

  • Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado. Nossas farmacêuticas podem lhe orientar.
  • Imagens meramente ilustrativas.
  • É recomendável uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
  • Pessoas com hipersensibilidade às substâncias não devem ingerir o produto.
  • Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
  • Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
  • Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
  • Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
  • Este medicamento não deve ser utilizado por crianças, gestantes ou lactantes sem orientação médica.
  • Siga corretamente o modo de usar.

Booster Para Prevenção da Enxaqueca Suplemento 60 Doses

R$81,00
Booster Para Prevenção da Enxaqueca Suplemento 60 Doses R$81,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Enxaqueca é uma dor de cabeça crônica, que começa com dor em um dos lados da cabeça e aumenta aos poucos. Com ela pode haver aversão à luz e ao som, bem como visão turva, náusea e vômitos. Os gatilhos podem ser alterações hormonais, alguns alimentos e bebidas (chocolate, queijos, café, vinho...), ou até deficiência de algum nutriente. 
As crises podem durar de 4 horas a 3 dias, onde o uso de medicamentos é o recomendado, porém se a causa é conhecida, a prevenção pode ser feita.
Um dos métodos de prevenção é o uso diário de magnésio dimalato (nesta apresentação tem ótima biodisponibilidade), pois alguns estudos mostraram que a deficiência deste mineral pode ser uma das causas da enxaqueca. E ao utilizá-lo diariamente, os pacientes perceberam alívio em frequência e intensidade das dores.
Se as crises de enxaqueca estão afetando sua qualidade de vida, converse com nossa equipe técnica que está preparada para atendê-lo!

Magnésio dimalato: Magnésio dimalato é um magnésio quelado (protegido) com uma molécula de ácido málico, ao passar pela parede intestinal ele vai liberar ácido málico e magnésio. O ácido málico ele tem uma função anti-inflamatória, auxiliando em toda doença que tem um caráter inflamatório, como por exemplo no diabetes, onde acaba gerando uma inflamação subclínica. O magnésio dimalato também possui uma liberação prolongada. O magnésio dimalato tem ainda a vantagem de otimizar a produção de energia (ATP) pois o ácido málico faz parte do ciclo de Krebs, tem uma aplicação muito útil na saúde cardiovascular.
Tiamina: Uma deficiência de vitamina B1 conduz a alterações físicas e mentais (perda de memória, confusão, depressão). No alcoolismo crônico, baixos niveis de vitamina B1 na dieta, associado a uma inibição da sua absorção, conduz a uma miocardiopatia alcoólica, com dilatação do ventrículo direito, que pode ainda levar a uma descompensação cardíaca. A vitamina B1 é eficaz no tratamento de diferentes síndromes dolorosas: dores reumáticas, dores em membros amputados, pacientes com cancerosos e dos artrite, crises de enxaqueca e nevralgias dentárias. Em último lugar, é de salientar que a vitamina B1, administrada por via oral, pode atuar como repelente anti-mosquitos em conseqüência da sua eliminação cutânea. Contudo, os resultados obtidos neste sentido são inconstantes.
Riboflavina: suplemento de riboflavina pode ser necessário nas seguintes condições: queimaduras, febre crônica, gastrectomia, distúrbios hepáto-biliares, hipertireoidismo, infecções prolongadas, distúrbios intestinais, câncer e estresse prolongado. Indicadas também para rachaduras no canto dos lábios, inflamação da língua, dermatite seborréica, anemia e neuropatias. A suplementação com riboflavina demonstrou ser eficaz nas crises de enxaqueca por elevar o metabolismo energético celular.
Piridoxina: também conhecida como cloridato de piridoxina, é convertido em sua forma ativa (pirodoxal 5 fosfato), que atua como coenzima no metabolismo protéico, glicídico e lipídico. O pirodoxal 5 fosfato promove a descarboxilação do ácido glutâmico formando o ácido gama amino butírico (GABA), que é considerado um neurotransmissor inibitório, ou seja, a baixa concentração dele no SNC (sistema nervoso central) leva ao quadro de excitação, irritabilidade, insônia e enxaqueca. Estudo mostrou que a suplementação com piridoxina, embora não afete a frequência dos ataques, é eficaz na redução da severidade da dor de cabeça.
Ácido fólico: as principais indicações da suplementação incluem tratamento de anemia megaloblástica ou macrolítica; doença hepática, anemia hemorrágica; gestação; fotoproteção; prevenção de problemas de pele causados pela radiação; prevenção e tratamento da queda capilar, detoxificação de toxinas, melhora do humor, cognição, redução de homocisteína. Para tratamento de enxaqueca, os pacientes receberam, durante seis meses, doses de vitamina B e ácido fólico, diminuindo a frequência e gravidade da dor de cabeça e da incapacidade associada a ela.
Metilcobalamina: Trata-se da forma ativa da vitamina B12, que é essencial para o bom desenvolvimento dos glóbulos vermelhos do sangue e sistema circulatório, para o sistema nervoso central prevenindo distúrbios neurológicos, e para o coração prevenindo doenças cardiovasculares. Ela ajuda também na regeneração dos músculos e a manter as reservas de energia. 
Conforme envelhecemos, diminui a capacidade de absorção da vitamina B12 a partir dos alimentos, por isso a suplementação é adequada para manter o bom funcionamento de todos os sistemas envolvidos.

Características:

  • Marca: Formularium Farmácia;
  • Modelo: 60 Doses;

Modo de Uso:

  • Uso interno;
  • Tome 1 dose após o café e após o jantar.

Composição:

  • Magnésio Dimalato 450 mg;
  • Tiamina 25 mg;
  • Riboflavina 10 mg;
  • Piridoxina 40 mg;
  • Ácido Fólico 800 mcg;
  • Metilcobalamina 600 mcg;
  • Excipiente qsp 1 dose;
  • 60 doses.

 

Orientações Gerais:

  • Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado. Nossas farmacêuticas podem lhe orientar.
  • Imagens meramente ilustrativas.
  • É recomendável uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
  • Pessoas com hipersensibilidade às substâncias não devem ingerir o produto.
  • Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
  • Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
  • Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
  • Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
  • Este medicamento não deve ser utilizado por crianças, gestantes ou lactantes sem orientação médica.
  • Siga corretamente o modo de usar.